Nesta semana queremos presentear nossos seguidores, amigos e parceiros com um presente, um conto erótico enviado a nós por uma de nossas seguidoras, a @eroticmemory.

Que sua leitura seja repleta de prazer…

 

Parte 1

Ainda não tínhamos transado, estava muito ansiosa por esse momento. Marcamos o motel para o sábado à tarde. Fiz todo ritual feminino: depilação, unhas e cabelo. Comprei lingerie nova, apostei em uma de renda preta, coloquei meu melhor perfume e fui. Fui com medo, aquele friozinho na barriga e todas as inseguranças femininas, mas decidida, cheia de curiosidade, vontade, desejo.

Entrei no carro e percebi que ele também estava tenso, errou o caminho… Deu umas voltas a mais até que finalmente chegamos. Ele falava… falava e eu fiquei observando, mostrava-se mais nervoso que eu. Estávamos de pé, pedi para ele um abraço, mas preferiu sentar. Olhei aquele homem acuado na minha frente e me compadeci dele.

Percebi que estava transpirando, mesmo com o ar condicionaso ligado. Pedi para tirar a camisa e ficar mais à vontade. Ele tirou! Aí uma mágica aconteceu, junto com ela, ele tirou o medo e insegurança que o aprisionava. Me olhou com olhos cheios de tesão, encostou seus lábios nos meus e me deu um beijo aflito. Tirou o sutiã beijou os seios e foi escorregando sua boca devagar, desenhando um caminho para o meu céu.

Flexionei levemente as pernas, ele passou os braços por baixo das minhas coxas e levou-os até a cintura, segurando-a por trás, aquelas mãos alí me levaram às alturas, estava tremendo. Beijou minha buceta por cima da calcinha, isso foi muito gostoso… atiçou ainda mais a vontade de ter sua boca nela.

Foi beijando e puxando-a devagar, o coração quase sai pela boca. Me despiu completamente, olhou para mim e percebeu como estava desejosa dele. Enchi minhas mãos em seus cabelos e gemi, meu ventre se contraia de prazer. Ele lambeu minha buceta com vontade. Lambeu de baixo para cima, deu chupadas certeiras, usou movimentos suaves, fazia leves pressões, chupava os pequenos e grandes lábios, um de cada vez, tocava o clitóris de leve, horas se concentrava do ladinho dele e movimentava-o indiretamente, de forma gentil, alternava os movimentos e a pressão.

Estava perfeito! Ele explorou cada cantiho dela. Conduzia aquela dança como um maestro a sua orquestra. Naquele momento só me coube aproveitar um intenso transbordamento de prazer. Experimentei sensações que nunca tinha sentido!

Créditos: @fridacastelli

Parte 2

Ter aquele homem alí entre minhas pernas era como estar no paraíso. Depois de um bom tempo me chupando ele fez o caminho de volta e me beijou, senti o gosto de minha buceta em sua boca. Desci minha mão pelo seu peito, passei levemente pelo umbigo e cheguei até seu pênis. Segurei-o com a mão trêmula.

Ele estava maravilhoso, rígido, vibrante, querendo sair dali e me comer com força. Deixei-o livere para se satisfazer. Entre beijos, ele foi se posicionando no meio de minhas pernas, eu inclinei meu corpo para frente, pois queria continuar beijando sua boca. Afastamos nossos rostos.

Ele olhou nos meus olhos e me penetrou devagar, minha buceta saboreou cada centímetro de seu membro entrando nela. Era muito bem-vindo. Nesse momento meus olhos se fecharam de tanto prazer. Ele afastou mais os joelhos e consguiu me penetrar mais profundo, segurou nas minhas coxas e impôs mais intensidade no movimento.

Estava muito gostoso, ele entrava e saía em um ritmo ora tranquilo ora frenético. Eu gemia, acariciava seu peito, suas costas e aproveitava aquela abundância de sensações. Estava com muita vontade de chupá-lo, quando ele saiu de dentro de mim na intenção de mudar de posição eu o pressionei para fora da cama, ele ficou de pé. Sentei na pontinha e enchi minha boca daquele pau delicioso. Ele segurou no meu cabelo e senti minha buceta vibrar.

 

Parte 3

Chupei-o por um tempo, menos do que gostaria. Ele me conduziu de volta para cama e em um movimento brusco me virou de costas. Era a posição que eu mais gostava e a forma inesperada e brusca que ele me virou me deixou mole de tanto prazer.

Segurei o lençol entre os dedos e me contorci. Ele olhou minha bunda e disse que ela era muito gostosa. Ela se empinou toda para ele, como se tivesse vontade própria. Aqueles segundos antes da penetração foram mágicos. A minha buceta vibrava, sussurros ininteligíveis saíam de minha boca. A sensação era incrível.

Ele sentou em cima de minhas coxas semiabertas, deixando-as entre as suas, acariciou a bunda, beijou as costas e posicionou seu membro na portinha do meu céu, foi subindo sua mão até minha cabeça e puxou o cabelo próximo a raíz, enclinei a cabeça para trás. Enqunto isso enfiou seu pau até o fundo da minha buceta. Eu soltei um grito de satisfação. Empinei ainda mais a bunda para ele poder enfiar tudinho.

Ele se debruçou sobre minhas costas, segurou meu pescoço, lateralizou minha cabeça e enfiou sua língua em minha boca trêmula. Não tínhamos mais controle sobre nossas línguas, elas se esbarravam em uma dança desgovernada, gemidos saíam das duas enquanto escorria um pouco de saliva. Ele voltou, pegou minha bunda e apertou enquanto enfiava mais forte.

Nunca senti tanto prazer!

Créditos: Raffaele Marinetti

 

Me beijava, puxava meu cabelo, apertava minha bunda… Eu gemia e gritava, estava extremamente gostoso. Senti seu corpo tremer. Ele gozou entre urros viscerais. Continuou movimentando seu pênis dentro de mim vagarosamente até que parou por completo, mas não o retirou de imediato, deixou-o lá por um tempo, e isso foi prazeroso, minha buceta dava leves contraídas como se o abraçasse e agradecesse por tanto prazer recebido.

Ele acariciou minhas costas com as pontas dos dedos fez movimentos suaves de sobe e desce, olhou aquele corpo inerte em sua frente. Eu estava plena, totalmente relaxada. Ele deitou ao meu lado e puxou meu braço em sua direção, deitei em seu peito sem cerimônia, o conhecia há pouco tempo, mas aqueles corpos pareciam se conhecer há anos.

 

Com amor, @eroticmemory

 

MAITHUNA EXPERIENCE

O Maithuna Experience é um projeto desenvolvido para casais e solteiros, de qualquer gênero, aonde é possível trabalhar o aprimoramento sexual por meio de técnicas tântricas e vivências pessoais dos terapeutas tântricos, Deva Geeta, Ayama Roy e Lídia Madhuri. Em agosto, de 17 a 19, o curso estará no Rio de Janeiro. Junte-se a nós nesta aventura recheada de amor e prazer. Para mais informações fale com a terapeuta, Lídia Madhuri no WhatsApp (11) 9.6371-1823 ou envie e-mail para info@maithunaexperience.com.

 

Siga agora o Maithuna Experience, Deva Geeta, Ayama Roy e Lídia Madhuri nas redes sociais, e se você gostou deste conto e também escreve, se sinta convidado a colaborar com o nosso blog! Todo material recebido é analisado e tendo nosso perfil é divulgado por nós, será um prazer receber o seu conteúdo:

@maithunaexperience

@ayama_roy

@lidia.madhuri

@devageeta