Nesta semana, nosso texto traz um depoimento especial. Ele relata um orgasmo de 30 minutos e tudo que foi possível sentir e desbloquear com esta experiência

 

Você já deve ter assistido a um daqueles filmes musicais aonde o protagonista sai dançando e cantando sem razões aparentes, meio do nada. Se não assistiu, imagino que poder ter flagrado alguém ou você mesmo rindo sem explicação… Bom, é assim que você fica após uma massagem tântrica. Ao menos, foi assim que eu me senti depois da minha última sessão. Mas devo destacar, se você teve a oportunidade de sentir um orgasmo de mais de 30 minutos, amigo o Oscar é teu. Eu vivi esta experiência há poucos dias, ainda rio sem motivo, penso no meu corpo, na energia poderosa que ele carrega e que com o incentivo correto e responsável, ele pode se abrir para eu transbordar.

Engraçado que no dia anterior a sessão tântrica, eu estava lendo Osho. Em determinado ponto do livro ele dizia como o orgasmo torna as pessoas mais amorosas, sãs, inteligentes e de como ele devolve as raízes podadas por uma sociedade repressora com segundas intenções sobre a tua vida. Esta citação é forte, eu sei, pois, carrego culpas e medos de anos, e, elas só me deram mesmo barriga e tristeza.

“Eu ri, chorei, gritei, tive tremeliques e as minhas mãos dançavam no ar, como se a energia que meu corpo emanava fosse palpável e a qualquer momento eu pudesse tocá-la…”

 

Mas por algum motivo, me entreguei a esta nova experiência, sem expectativas ou achismos, confiei na terapeuta à minha frente e falei baixinho para o meu corpo:

– Vai nega, tu mereces.

E a bicha levou ao pé da letra. Olha, ainda bem que estas sessões não são filmadas. Eu ri, chorei, gritei, tive tremeliques e as minhas mãos dançavam no ar, como se a energia que meu corpo emanava fosse palpável e a qualquer momento eu pudesse tocá-la. Meu corpo sambava na cara do ego, que gritava como barata tonta:

– Chega, Chega!

Não foi fácil. Eu morri por várias vezes e renasci em cada uma delas – livre, em paz, sem julgamentos, sem toda essa tranqueira, antes acumulada. Foi uma reconexão sabe? Como se um fio solto encontrasse o buraco da tomada. Agora sinto que precisamos alimentar nossa coragem, para que sejamos plenos como a nossa própria natureza nasceu para ser. A experiência tântrica funcionou para mim como uma alavanca, ela me catapultou para o meu amor próprio. Ela me deu uma nova e interessante dimensão da vida, aonde o amor e o prazer coexistem de forma harmoniosa.

Hoje, meu conselho para você é “cala este ego e vai fundo. Vai ter um orgasmo bebê!”. Segundo Osho, no livro “Medo Entenda e Aceite as Inseguranças da Vida”, o orgasmo é uma tremenda dádiva da natureza”.

Com amor, Rosangela Ferreira.

MAITHUNA EXPERIENCE

O Maithuna Experience chega a mais uma edição em setembro. De 28 a 30, o workshop para casais e solteiros estará em Piracaia, São Paulo, na Pousada La Figueira Grande. Este projeto, desenvolvido para pessoas, de qualquer gênero, tem por objetivo trabalhar o aprimoramento sexual por meio de técnicas tântricas e vivências pessoais dos terapeutas tântricos, Deva Geeta e Ayama Roy. Junte-se a nós nesta aventura recheada de amor e prazer. Para mais informações fale com a produtora Rosângela pelo WhatsApp (11) 9.7075-4962 ou envie e-mail para info@maithunaexperience.com.

Siga agora o Maithuna Experience, Deva Geeta, Ayama Roy e Rosângela nas redes sociais:

@maithunaexperience

@ayama_roy

@devageeta

@produtora_rosangela